Arrecadação destinada pela Fundação Cecierj foi fruto de trabalho coletivo entre a comunidade acadêmica (Crédito: Paulo Vitor)

Arrecadação destinada pela Fundação Cecierj foi fruto de trabalho coletivo entre a comunidade acadêmica (Crédito: Paulo Vitor)

Para atender às instituições de todo o estado do Rio de Janeiro que fazem parte da rede do RioSolidario, nosso Programa de Doações conta, além do engajamento do cidadão fluminense, com a participação de parceiros públicos e privados que participam de nossas campanhas. É um verdadeiro trabalho em equipe, no qual equipes inteiras se mobilizam para fazer o bem.

A Fundação CECIERJ, por exemplo, contou com um verdadeiro trabalho em rede para direcionar ao RioSolidario mais de 450 unidades de leite em pó. Eles aproveitaram a Visita Docente do Consórcio CEDERJ (Educação a Distancia das Universidades Públicas do Estado do Rio de Janeiro), atividade organizada pela Fundação de forma simultânea em 33 pólos regionais espalhados pelo estado, e criaram a campanha Visita Docente Solidária. Professores, mediadores e estudantes participantes do evento contribuíram com a arrecadação.

PV-DOACAO2

Vice-presidente da Fundação Cecierj valoriza o engajamento na campanha (Crédito: Paulo Vitor)

“Quem trabalha em rede tem esse potencial de mobilizar pessoas em locais distantes e é interessante como campanhas como esta são rapidamente abraçadas pela população que está sempre pronta a ajudar. Nosso povo é assim, solidário e participativo. Isso é de uma beleza e de uma força imensas!”, conta a vice-presidente Marilva Dansa, que reforçou a importância do engajamento: “Não basta uma única campanha, é preciso que a solidariedade se torne uma cultura. Se trabalhamos em conjunto e atingimos mais gente, mais avançamos em tornar nossa população mais solidária e mais ativa coletivamente.”

Educando a consciência

Marilva destaca a importância de uma instituição ligada à educação estimular a consciência solidária da comunidade envolvida em suas atividades. “Essa consciência é importante em todos os segmentos, mas quando fazemos isso em instituições educacionais, educamos quem será responsável pela educação de outros e, por isso, é esperado que este segmento não só se mobilize, mas multiplique esta consciência solidária na sua futura prática docente”, afirma, enquanto vice-presidente de uma instituição responsável por desenvolver projetos ligados à Graduação a Distância, divulgação científica, pré-vestibular social, formação continuada de professores e ensino de jovens e adultos.