Evento organizado pelo Detran reuniu mais de 150 ciclistas no Aterro

_MG_0020

O encerramento da Semana Nacional do Trânsito foi marcado pela solidariedade, neste domingo (24/09), no Monumento aos Pracinhas, no Aterro do Flamengo. Os participantes do II Passeio Ciclístico pela Paz no Trânsito doaram, no ato da inscrição, alimentos não-perecíveis para o RioSolidario.

O encontro reuniu mais de 150 ciclistas que juntos aproveitaram para mobilizar os cariocas sobre a importância de ações seguras no dia a dia no trânsito das cidades.

A assistente do Programa de Doações do RioSolidario, Luciane Soares, destacou a importância da iniciativa do Detran:

– O  Detran é um grande aliado, pois sempre  mobiliza-se, também, pelas causas sociais. A ação de hoje foi muito proveitosa, pois conseguimos unir a conscientização no trânsito com a mobilização social em prol dos que mais precisam.

Os itens doados serão distribuídos a ONGs cadastradas no RioSolidario e pessoas atendidas pelo Programa Social.

O presidente do Detran, Vinicius Farah, ressaltou as parcerias do órgão com várias instituições, entre elas, o RioSolidario:

– O Detran está sempre presente nas parcerias com instituições. É um domingo muito importante, que resgata a história do automobilismo e o Detran participa desburocratizando serviços e também na organização do passeio ciclístico, que beneficia o RioSolidario através das doações de alimentos.

A Associação de Ciclistas da Ilha do Governador (ACIG) participou do passeio com  representantes. Os mais experientes foram pedalando até o local do evento, enquanto o restante trouxe as bikes em um caminhão. Lucas Ferreira veio com o grupo pelas ruas do Rio, já com o objetivo de conscientizar sobre os direitos e deveres no trânsito:

– Toda ação de sustentabilidade é louvável. E nós decidimos abraçar a causa proposta pelo Detran e trazer nossas doações. Doar é um gesto solidário – destacou Luan, antes de pedalar os 5 KM do passeio ciclístico.

O Detran também organizou uma exposição com cerca de 100 veículos considerados relíquias no Monumento dos Pracinhas, que recebeu a visita de mais de 2 mil pessoas. Uma equipe de mais de 100 funcionários da instituição  realizou processos de vistoria e garantiu aos proprietários a obtenção da placa preta de colecionador.

 

Fotos: André Gomes de Melo