Evento discute temas como mobilidade urbana, assistência social e mercado de trabalho

IMG_7347

O RioSolidario realiza, nesta quinta-feira (11/06), o I Encontro Autonomia para Pessoa com Deficiência, no auditório da Firjan, no Centro. O evento, que conta com a presença de secretários estaduais, municipais e representantes de empresas e instituições, tem o objetivo de discutir políticas públicas que defendam as necessidades e direitos das pessoas com deficiência. O governador Luiz Fernando Pezão e o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, participaram da abertura do encontro idealizado pela primeira-dama do Estado e presidente do RioSolidario, Maria Lucia Horta Jardim.

De acordo com Pezão, o evento se destaca ao reunir pessoas para mobilizar ações integradas que possam garantir o desenvolvimento de propostas para melhorar o cotidiano dos deficientes nas cidades.

– Temos trabalhado para melhorar a vida das pessoas com deficiência. Nossas obras levam em consideração a acessibilidade, como as moradias feitas em parceria com o Ministério das Cidades, estações ferroviárias e metroviárias, o teleférico do Alemão, entre outras intervenções. É claro que sabemos que há muito o que fazer ainda nesta área. Este seminário é um momento importante para que possamos encontrar parceiros e junto com as prefeituras e o governo federal minimizar os problemas enfrentados por esta população – disse o governador.

O ministro Gilberto Kassab ratificou o apoio do governo federal às demandas discutidas no seminário e o interesse da União em colaborar com programas e projetos que possam garantir os direitos das pessoas com deficiência.

– Estamos definindo um grupo de trabalho. A presidente do RioSolidario, Maria Lucia, terá uma reunião conosco para que possamos identificar formas de apoiar, seja com o orçamento da União, seja com financiamento de ações e políticas públicas em parceria, seja com o capital público ou a iniciativa privada – informou Kassab.

Segundo a primeira-dama, além da iniciativa do encontro, o RioSolidario produzirá, em parceria com o Sebrae-RJ, o “Mapa da Pessoa com Deficiência” para identificar e localizar as pessoas que possuem algum tipo de deficiência no estado do Rio.

– Não podemos cuidar do que não conhecemos, por isso, estamos lançando este projeto. Queremos conhecer as pessoas com deficiência do estado e, para isso, vamos contar com a ajuda das prefeituras. A adesão dos municípios será fundamental para que consigamos concretizar este mapa – afirmou Maria Lucia.

Fotos: Bruno Itan