Cerca de 30 vagas serão disponibilizadas para inserção de jovens aprendizes no mercado de trabalho

Meninos e meninas que participaram do Passo a Passo, programa de capacitação do RIOSOLIDARIO em parceria com o Detran, agora poderão ter uma nova oportunidade. Nesta segunda-feira (23/02), 28 jovens receberam orientações sobre como se inscrever no processo seletivo do projeto Jovem Aprendiz da Nova Cedae. A ideia é estimular que eles se profissionalizem e sejam inseridos no mercado de trabalho.

Com o apoio do RIOSOLIDARIO, o programa permite que jovens aprendizes, antes em situação de risco e vulnerabilidade social, atuem em diversos setores da empresa. Nesta fase, serão disponibilizadas cerca de 30 vagas para a área administrativa. Ao todo, a Nova Cedae conta com 160 jovens participando da iniciativa.

Para a estudante Amanda Sampaio Santos, de 20 anos, além da oportunidade de emprego e renda, o projeto também abre caminhos para a profissionalização.

– Eu estava procurando emprego e não conseguia. Foi quando me ligaram do RIOSOLIDARIO falando sobre a oportunidade. Achei muito bom porque eu quero fazer faculdade de nutrição e com o Jovem Aprendiz vou poder pagar o meu curso – afirmou a estudante.

No encontro, eles receberam informações sobre a Nova Cedae, o funcionamento do programa e os documentos necessários para a inscrição.

O programa Jovem Aprendiz tem duração de 11 meses e cada jovem cumpre uma jornada de trabalho de seis horas diárias, em cada quatro dias da semana de atividades práticas. Eles ainda têm um dia dedicado ao Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE-RJ) para atividades teóricas e administrativas. Pela jornada mensal, recebem auxílio refeição, vale-transporte, FGTS, férias, décimo terceiro salário e contagem de tempo de serviços para INSS e seguro de vida. Para participar do programa, o jovem precisa ter entre 16 e 23 anos, ter completado o ensino médio ou estar vinculado à rede de ensino (fundamental/médio).