O programa de compliance foi apresentado à equipe do RioSolidario por Alexandre Fragoso, CEO da empresa responsável pela implantação (Crédito: André Gomes de Melo)

O programa de compliance foi apresentado à equipe do RioSolidario por Alexandre Fragoso, CEO da empresa responsável pela implantação (Crédito: André Gomes de Melo)

Transparência, ética e credibilidade são elementos essenciais para qualquer instituição, sobretudo as que trabalham com terceiro setor. O RioSolidario deu em agosto mais um passo nos trilhos destas qualidades com a adoção do programa de compliance antissuborno.

Seguindo tendência mundial de organizações que buscam ratificar sua integridade e conduta, essa conquista nos propicia caminhar rumo a “uma nova forma de fazer serviço social no Brasil”, como aponta Alexandre Fragoso, CEO da empresa responsável pela implantação desse programa no RioSolidario.

Caracterizado como o conjunto de instrumentos e mecanismos de gestão baseados na ética, integridade e legalidade implantados em organizações visando mitigar os riscos da atividade empresarial, o compliance confere transparência às relações entre a instituição e seus parceiros, além de zelar pela integridade e a boa governança. “Estamos transformando o conceito de como fazer gestão em uma ONG”, completa Alexandre.

Para a diretora executiva do RioSolidario, Juliana Dias, o momento é um marco na história de mais de 20 anos de atuação da instituição. “Adotar um programa de compliance é ter a certeza de que estamos no rumo de um trabalho de cada vez mais transparência e integridade, mostrando aos nossos parceiros atuais e futuros a confiabilidade de nosso trabalho com os diversos projetos que conduzimos.”

A diretora executiva Juliana Dias ressalta para a equipe a importância da adoção do compliance no RioSolidario (Crédito: André Gomes de Melo)

A diretora executiva Juliana Dias ressalta para a equipe a importância da adoção do compliance no RioSolidario (Crédito: André Gomes de Melo)