Entre os 3.650 itens repassados, estão repelentes, ventiladores e eletrodomésticos

 

IMG_20180222_171906637

O RioSolidario entrou na luta contra a febre amarela. A ONG recebeu a doação de 420 repelentes de insetos do Instituto da Criança. Os donativos estão entre os 3.650 itens repassados pelo RioSolidario a 15 organizações sociais apenas nos dois primeiros meses de 2018.

Entre as instituições atendidas estão as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAEs) da Baixada Fluminense,  a Casa Abrigo de Reabilitação e Orientação – BETEL, unidades do Centro de Referência de Assistência Social, e as três creches administradas pelo RioSolidario, que atendem cerca de 600 crianças em vulnerabilidade social. A lista completa e a quantidade de itens doados estão nas planilhas abaixo.

Os repelentes repassados pelo Instituto da Criança foram doados por outra ONG. Segundo o  analista de projetos sociais do Instituto, Rodrigo Silva, a decisão de repassar ao RioSolidario levou em consideração o fato da organização social possuir  meios para entregar as doações em outras cidades que estão com elevados casos de febre amarela:

– Nós procuramos o RioSolidario por ser um grande parceiro do Instituto da Criança. Recebemos a doação da Saúde Criança e como o prazo de validade do produto não era longo pensamos no RioSolidario por terem muitas instituições cadastradas no Banco e o por possuírem carro, assim poderiam repassar para quem precisa e não têm condições de buscar – explicou Rodrigo.

As instituições beneficiadas receberam doações como ventiladores, eletrodomésticos,  alimentos e móveis de escritório. Todos os itens repassados foram recebidos através de doações de empresas, instituições e representantes da sociedade civil.

Segundo a coordenadora do Programa de Doações do RioSolidario, Mônica Miranda, as doações espontâneas foram o grande diferencial:

– Os dois primeiros meses do ano foram marcados pelas doações espontâneas entregues ao RioSolidario e, ainda, pela efetivação da parceria com algumas instituições que repassam para nós as doações recebidas, como o Instituto da Criança. Dessa forma foi possível elevar o número de doações mensais e contemplar mais instituições, além dos equipamentos mantidos pelo RioSolidario – pontuou Mônica.

 

Prestação de Contas

 

2-Planilha-de-Fevereiro-de-2018

1-Planilha-de-Janeiro-de-2018 (1)