SemanaMulher2021

O dia da mulher é todo dia, toda hora, todo segundo! Por isso, o RioSolidario promoveu uma semana com ações de apoio e valorização feminina. Nas redes sociais – Instagram e Facebook -, compartilhamos conteúdos de conscientização sobre tipos de violência contra a mulher (física, sexual, emocional e patrimonial). Em 8 de março, data que celebra o Dia Internacional da Mulher, cada colaboradora da sede da instituição foi agraciada com uma rosa doada pelo parceiro Camélia Flores.

Ainda na data, em ação conjunta com o grupo Ancar Inovare, foram distribuídas máscaras de proteção em cinco shoppings no Rio de Janeiro com informativos sobre alternativas para as vítimas de violência, ressaltando o projeto Casa Abrigo Lar da Mulher, gerenciado pelo RioSolidario com o apoio dos parceiros Loterj e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH).

O portal Metropóles publicou uma matéria sobre a necessidade de políticas públicas específicas para as mulheres, dados sobre a violência e vulnerabilidade que as pessoas do sexo feminino enfrentam diariamente no Brasil. Destacou o trabalho realizado na Casa Abrigo e contou com a participação da diretora do espaço Sueli Ferreira abordando sobre a rede de apoio familiar e social também ser uma aliada para fortalecer a vítima na sua nova caminhada sem violência

Na Casa Abrigo Lar da Mulher recebemos as voluntárias Gabriela Miceli e Jéssyca de Jesus Teixeira que proporcionaram um dia especial para as residentes. A psicopedagoga Gabriela entrou em contato conosco pelo Instagram, é seu aniversário no Dia Internacional da Mulher e ela gostaria de contribuir de alguma forma. Faria uma campanha entre os amigos para arrecadar um valor com o intuito de levar afeto e apoio para mulheres que tanto precisam.


“Quando eu cheguei na Casa vi um caminho fechado, e hoje estou aqui tentando achar outro eu”.

“Eu vejo um milagre, rejeição de ter sido abandonada. Uma pessoa muito forte por tantas coisas que passei”.

“Nova mulher, dona de mim, longe de abusos”.

“O melhor de tudo é que precisamos de coragem para chegar até aqui”.

* Declarações das residentes durante a roda de conversa

Muitas que não conseguiam se olhar no espelho durante a dinâmica, puderam transformar alguns sentimentos ao longo do dia e durante a aula de automaquiagem. Com a doação recebida dos amigos, Gabriela montou kits e lembranças para presentear essas mulheres fortes que superam diariamente muitos obstáculos para terem o direito de vida garantido.

“Ainda não tenho palavras para descrever tudo que vi e vivi na Casa Abrigo Lar da Mulher. Mas posso dizer que as mulheres abrigadas ficaram extremamente gratas e emocionadas com todo carinho que tivemos com elas. Tantas conversas e palavras que jamais serão esquecidas. Uma mistura de dor e alegria. Nossa emoção foi a mil. Estou muito grata mesmo. Vocês nos deram um presente e tanto”, contou a parceira solidária Gabriela.

Para a diretora da Casa Abrigo Lar da Mulher, Sueli Mesquita, foi um dia prazeroso, satisfatório e colorido do jeito que as residentes merecem. “A permanência delas na Casa é um período para elas conhecerem os seus direitos, se resgatarem, descobrirem novas opções seguras de acolhimento na rede de apoio e seguirem a vida sem violência”, declarou.

A Casa Abrigo Lar da Mulher e o RioSolidario agradecem pela sensibilidade, carinho e respeito. Nossas portas, nossos braços e nossos corações estarão sempre abertos para recebermos tamanha consideração e solidariedade! Viva a mulher!

Por Rhaiane Sodré