Nesta segunda-feira (21/09), data em que é comemorado o Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência, foi aberta a ação RioConsciente, uma parceria entre o Governo do Estado, Assembleia Legislativa e o RioSolidario.

Até quinta-feira (24/09), quem passar pela Praça XV, em frente à estação das barcas, no Centro do Rio, pode participar de um circuito de obstáculos, que reproduz algumas situações vividas no dia a dia por cadeirantes, cegos e surdos.

A primeira-dama do Estado e presidente do RioSolidario, Maria Lucia Horta Jardim, e o presidente da Alerj, Jorge Picciani, além de deputados estaduais, estiveram na abertura e experimentaram o percurso.

– O objetivo do Rio Consciente é sensibilizar o cidadão, as esferas de governo e as instituições sobre a importância da autonomia e do investimento na melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência. Queremos uma cidade com mais mobilidade e acessibilidade – disse Maria Lucia Horta Jardim.

No circuito, o público pode experimentar alguns desafios, como usar cadeira de rodas, subir rampas, entrar em um táxi não adaptado e ter os olhos vendados. Foi criado o hotsite www.rioconsciente.com.br e a #rioconsciente pode ser postada nas redes sociais.

Alex dos Santos, de 40 anos, que voltava de uma viagem à Cabo Frio, na Região dos Lagos, aproveitou a passagem pela Praça XV para conhecer a ação.

– Achei importante participar, pois a ação nos dá mais consciência e noções de como lidar com as pessoas com deficiência. Quando a gente vê de perto as dificuldades, é mais solidário – disse Alex dos Santos.

A dona de casa Tatiane de Souza, de 26 anos, também fez o percurso ao lado do seu filho Alexsander, de 4 anos, e elogiou a iniciativa.

– Foi interessante participar, porque a gente passa ao lado de pessoas com deficiência e não se dá conta de toda a dificuldade que elas enfrentam. Agora tenho mais consciência de como ajudar – ressaltou Tatiane de Souza.

A primeira-dama do Estado e presidente do RioSolidario, Maria Lucia Horta Jardim, o presidente da Alerj, Jorge Picciani, e os deputados estaduais também participaram da abertura, no Salão Nobre da Alerj, da exposição “Inclusão pela Arte”, que reúne obras de 18 artistas que usam a boca e os pés para pintar. A mostra, aberta ao público, fica na Alerj até 28 de setembro.

– Precisamos conquistar o legado das Paralimpíadas de 2016. Iremos receber muitos turistas, mas a maior preocupação é o que ficará para que o deficiente possa exercer sua cidadania – disse a deputada estadual Tania Rodrigues, vice-presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência da Alerj.

II Encontro Autonomia para Pessoa com Deficiência

Na quinta-feira (24/09), o RioSolidario promove o II Encontro Autonomia para Pessoa com Deficiência, que reunirá, na Firjan, representantes do Governo Federal, secretários estaduais e municipais, e representantes de empresas e instituições. Serão debatidos os temas sobre a Lei Brasileira de Inclusão e os Desafios da Reabilitação.