Projeto RefettoRio Gastromotiva vai servir refeições diárias gratuitas a população carente

Refeitorio Gastromotiva

O sonho era antigo, mas agora, enfim, tornou-se realidade. Numa parceria entre a ONG Gastromotiva, fundada por David Hertz, e o projeto Food For Soul, do chef Massimo Bottura, o Rio de Janeiro acaba de ganhar um restaurante comunitário com um cardápio assinado pelos melhores chefs do mundo. O RefettoRio Gastromotiva abriu as portas nesta terça-feira (09/08), no bairro da Lapa, e vai servir 108 refeições gratuitas diariamente a pessoas em situação de vulnerabilidade social, que foram previamente cadastrados.

Todos os dias, chefs convidados de todo o mundo e jovens talentos da Gastromotiva vão criar menus deliciosos e nutritivos a partir de ingredientes excedentes, não-manipulados, bons para consumo doados ao Refettorio Gastromotiva. Durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, esses ingredientes virão do excedente das refeições preparadas para servir a Vila dos Atletas, o Media Center e a força de trabalho dos Jogos Rio 2016.

– Desde que eu fui para as Paralimpíadas de Londres, em 2012, voltei com um sonho de contribuir para o legado dos Jogos Rio 2016, aproveitando a oportunidade para transformar milhares de vidas de pessoas que mais precisam. Estamos replicando o conceito de combater o desperdício de alimentos e oferecendo refeições gratuitas com dignidade – afirma David Hertz.

O modelo é o mesmo do Refettorio Ambrosiano, criado por Massimo Bottura, onde mais de 65 chefs internacionais cozinharam com ingredientes vindos da Expo Milão em 2015. No Rio de Janeiro, a cozinha ainda será espaço de especialização para jovens talentos da Gastromotiva, aumentando o impacto social.

– O projeto é muito legal. Alimentos que seriam desperdiçados, jogados fora, farão a diferença na vida de muitas famílias – disse a primeira-dama do Estado e presidente do RioSolidario, Maria Lucia Horta Jardim, que visitou o espaço.

O Refettorio Gastromotiva fica na Rua da Lapa 108, no Centro. O terreno foi concedido pela Prefeitura do Rio de Janeiro por um período de 10 anos à Gastromotiva. A curadoria artística do projeto é de Vik Muniz; os Irmãos Campana e Maneco Quinderé se voluntariaram para assinar a cenografia e o mobiliário.

Texto: Fabiane Moreira

Fotos: Tomas Rangel e Monique Paoletti