MULHERES

Grande parte dos delitos cometidos contra as mulheres ocorre no espaço doméstico ou no ambiente familiar. Elas também são a maioria das vítimas em casos de estupro e lesão corporal dolosa. Nessas situações, os agressores são, na maioria dos casos, seus companheiros ou pessoas do convívio familiar.

Segundo dados da 10ª edição do Dossiê Mulher, divulgada pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), as mulheres vítimas de homicídio doloso representaram, em 2014, 8,5% do total de vítimas desse tipo de crime no estado (420 mulheres mortas). De acordo com os números, 12,4% delas morreram em situação de violência doméstica ou familiar; 31,4% tinham entre 18 e 34 anos e em 9,8% dos casos os autores eram os companheiros ou ex-companheiros das vítimas.

Para ajudar na redução desses índices, o RioSolidario investe em ações e parcerias que amparem e protejam essas mulheres.

CONHEÇA OS PROJETOS