Programa ‘Um Novo Horizonte’ começa em fevereiro e vai beneficiar 1.200 adolescentes

Projeto Novo Horizonte_Foto Marcia Costa (12)

A primeira-dama do estado e presidente do RioSolidario, Maria Lucia Horta Jardim, participou, nesta quinta-feira (11/01), da cerimônia de lançamento do programa ‘Um Novo Horizonte’, no Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase). O projeto visa oferecer cursos de profissionalização e cultura para adolescentes que cumprem medida socioeducativa no Degase.

Os cursos são uma parceria entre o Degase, a Secretaria de Estado de Educação e Petrobras. O objetivo do convênio, subsidiado pela companhia petroleira, é beneficiar cerca de 1.200 jovens, no período de dois anos. As aulas já começam em fevereiro:   cursos de Artes Cênicas, Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, Empreendedorismo, Encanador Predial, Garçom, Manutenção e Instalação de Ar-condicionado, Pintor de Obra, Produção e Edição de Vídeo (curta-metragem) e Stop Motion, por meio do Instituto Terra Nova.

– A educação tem o poder transformador. Só vamos transformar através da capacitação. Esses jovens qualificados, ele vão abrir uma porta em suas vidas. Não  adianta virem para cá e saírem sem qualificação, seria um passo atrás em suas vidas –pontuou a primeira-dama do estado e presidente do RioSolidario, Maria Lucia Horta Jardim.

O secretário de Educação, Wagner Victer, elencou as possibilidades profissionais para os jovens após os cursos:

– Essa oportunidade que estamos dando não é apenas um sonho ou um projeto teórico. Estaremos oferecendo cursos que na prática prepararão realmente os jovens do Degase para o mercado de trabalho, ou seja, uma verdadeira ferramenta de ressocialização – destacou Wagner Victer.

De acordo com Alexandre Azevedo, a proposta é que esses adolescentes os instrumentos necessários para construírem um futuro promissor.

– Estes cursos darão condições para que eles aprendam uma profissão capaz de sustentá-los pelo resto de suas vidas – disse.

Fotos:  Marcia Costa / Seeduc_RJ