Evento do TJ terá palestras, eventos culturais e audiências sobre violência contra as mulheres

_MG_8053

O TJ realizará uma série de atividades que acontecerão até o dia 25 de agosto. Na Programação, palestras, eventos culturais e a realização de mais de 1,5 mil audiências sobre violência contra as mulheres. A Semana da Justiça Pela Paz em Casa é coordenada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

– A Semana da Justiça pela Paz em Casa é uma importante ação no combate à violência doméstica, sobretudo, por ter  um olhar especial para as crianças e os adolescentes que também são vítimas – destacou a presidente do RioSolidario e primeira-dama do Estado do Rio de Janeiro, Maria Lucia Horta Jardim.

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça, estava prevista para participar do evento, mas não pode comparecer, por conta das más condições de voo provocadas pela chuva.  A ministra, no entanto, enviou um vídeo que foi exibido na solenidade parabenizando cada um dos participantes da Semana pelo esforço para combater a violência doméstica.

-A violência doméstica exige de cada um de nós  não apenas  a função tradicional do juíz em solucionar os processos,  mas recriar o judiciário no sentido de  também prevenir futuros atos de violência – enfatizou a ministra.

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Milton Fernandes de Souza, enfatizou a preocupação com o tema da violência doméstica:

– A Justiça é protagonista neste tempo. É um tema atual e preocupante – pontuou o desembargador.

Acompanhe, no link abaixo, as atividades previstas para a Semana da Justiça pela Paz em Casa:

http://www.tjrj.jus.br/web/guest/home/-/noticias/visualizar/47629

 

 

Fotógrafo: André Gomes de Melo