A aquisição da carteira de trabalho representa uma nova chance para jovens do CRIAAD Penha (Crédito: Paulo Vitor)

A aquisição da carteira de trabalho representa uma nova chance para jovens do CRIAAD Penha (Crédito: Paulo Vitor)

Por Flávio Amaral

Quem nunca teve uma oportunidade de começar após erros cometidos? A chance de uma nova vida mobilizou nesta sexta-feira (13) jovens que cumprem medida socioeducativa na unidade Penha do Centro de Recursos Integrados de Atendimento ao Adolescente (CRIAAD). Em uma ação entre  Degase e o RioSolidario, eles compareceram à Casa do Trabalhador, na Ilha do Governador, para receber sua carteira de trabalho e serem encaminhados a vagas de jovem aprendiz.

Psicóloga sensibilizou os jovens quanto à importância do trato com o outro em sua formação pessoal e profissional (Crédito: Paulo Vitor)

Psicóloga sensibilizou os jovens quanto à importância do trato com o outro em sua formação pessoal e profissional (Crédito: Paulo Vitor)

Emoção para jovens e familiares

“Estou feliz de ter dado esse passo, poder conseguir a carteira e ouvir essas orientações que foram passadas sobre o mercado”, conta X. Alguns estavam acompanhados por responsáveis, que não escondiam a emoção em presenciar o momento de virada na vida de quem tanto amam. “Estou muito feliz de ver essa oportunidade ser dada ao meu filho e espero que ele agarre com unhas e dentes”, afirma Lucilene, mãe de um dos jovens.

Orlando acompanhou o neto na atividade. “De uns tempos para cá a família está sentindo que ele merece essa chance. Mas se ele não fizer por ele mesmo, ninguém conseguirá fazer. Enquanto ele fizer por onde, nós vamos ajudar. Estou feliz por ver que nosso esforço não está sendo em vão”.

De frente para os familiares e profissionais presentes, jovens participaram de dinâmicas elaboradas para valorizar a escuta ativa (Crédito: Paulo Vitor)

De frente para os familiares e profissionais presentes, jovens participaram de dinâmicas elaboradas para valorizar a escuta ativa (Crédito: Paulo Vitor)

Mãos dadas pela oportunidade

O encaminhamento de jovens para vagas de jovem aprendiz é realizado pelo programa Futuro Agora e já abriu as portas do mercado de trabalho para cerca de 1.300 jovens nos últimos quatro anos.

Luciana Rosa e Luciane Soares, assistentes sociais do RioSolidario, conferiram a documentação dos jovens para realizar o encaminhamento às vagas. Luciane reforçou a busca de nossa instituição por parceiros que possam proporcionar oportunidades como essa a jovens que buscam um novo começo para sua vida.

“O RioSolidario está sempre em busca de empresas que tragam oportunidades a jovens como vocês. Estou muito feliz e desejo que aproveitem essa oportunidade, que também é desejada por milhares de jovens. Perguntem, tirem suas dúvidas, deixem a timidez de lado, pois vocês vão lá para aprender, sempre agindo com responsabilidade e agarrando as oportunidades. Será uma anotação de muitas na carteira de trabalho que vocês estão recebendo”, conta Luciane.

O diretor do CRIAAD Penha, Raul d’Almeida, destaca a importância da parceria com o RioSolidario. “Traz aos jovens uma nova visão de vida, uma oportunidade que antes não tínhamos como apresentar a eles e que vem compor nosso trabalho socioeducativo que inclui emprego e escola”, conta, reforçando o objetivo de que, ao chegar na semiliberdade, o jovem possa trabalhar e estudar, voltando à unidade apenas para dormir.