Sobre o projeto

Criar um banco de dados que ajude na formatação de políticas públicas voltadas para as pessoas com deficiência no estado do Rio de Janeiro é uma das estratégias de gestão social do RioSolidario. Por este motivo, a ONG em parceria com o Núcleo de Estudos e Pesquisas do Sebrae-RJ elaborou um questionário para coleta de informações que orientem sobre quem são e onde estão os deficientes do Estado.

O projeto está em desenvolvimento e acontecerá em etapas. Na primeira fase, foi distribuído um questionário para as 92 prefeituras. Entre os questionamentos estão: se a prefeitura conta com Secretaria específica para deficientes, parceria com instituições envolvidas na causa, algum tipo de cadastro ou levantamento.

Contamos com a parceria das prefeituras para a construção do mapa. Elas são responsáveis pela distribuição do cadastro dos deficientes. O Sebrae-RJ orienta as equipes dos municípios para que os agentes definidos pelas prefeituras estejam preparados para abordarem os moradores e acompanharem o preenchimento.

Ao traçar o perfil e as necessidades dessas pessoas, governos, empresas e instituições poderão investir em parcerias para capacitação de mão de obra, oferta de cursos, geração de emprego e oportunidades.

Acesse o link aqui