O diretor-executivo do RioSolidario Himalaia Galvão ladeado pela presidente  Heloisa Aguiar e a presidente de honra da instituição Analine Castro em lançamento mo Shopping Leblon

O diretor executivo do RioSolidario Himalaia Galvão ladeado pela presidente Heloisa Aguiar e a presidente de honra da instituição Analine Castro em lançamento no Shopping Leblon

Mobilizar as pessoas para combater a fome, agravada pela pandemia, espalhando ‘vagões’ em dezenas de instituições para coletar alimentos não perecíveis e distribuir pelas mais de mil entidades beneficentes cadastradas em nossa rede estadual, criando uma onda de solidariedade. Esse é o objetivo do ‘Locomotiva do Bem’, campanha de arrecadação de alimentos que o RioSolidario dá início nesta sexta, no Shopping Leblon, com a presença da primeira-dama do Estado, Analine Castro. Uma estação digital (https://bit.ly/LocomotivaDoBem) também amplia a possibilidade de contribuição para quem permanece em casa, mas quer colaborar. O RioSolidario é presidido por Heloisa Aguiar e tem como diretor executivo Himalaia Galvão.

Entre outras instituições, já confirmaram a parceria os clubes Monte Líbano, AABB, as escolas de educação Infantil Trampolim e Popeye, o Theatro Municipal, o Parque Lage, a Rádio Roquete Pinto, o Colégio Padre Antônio Vieira e a Universidade Estácio de Sá, campus Niterói. Todas receberão um vagão para recolher as doações. A dinâmica do projeto inclui três partidas, com paradas e chegadas. A cada três semanas acontecerá uma nova partida, passado por trajetos distintos, com o trem alcançando, dia sim, dia não, a sua próxima Estação do Bem. Ao final de cada ciclo, as doações serão recolhidas pelo RioSolidario, que destinará os donativos às instituições do seu Hub, como Espaço Nossos Filhos (que atua com inclusão), Associação Missão Influência Rio das Ostras (famílias em vulnerabilidade social), Programa Social Crescer e Viver (apoio a famílias carentes do seu entorno), Faixa Preta de Jesus (pessoas com deficiência) e Ritmo Solidário (músicos do Carnaval afetados pela pandemia), dentre outras.

 

“O convite é para multiplicarmos a solidariedade no Estado com o intuito de ajudar quem mais precisa neste momento delicado de pandemia. É preciso pensar no coletivo, e é preciso agir agora”, diz Analine Castro, presidente de honra do RioSolidario e a primeira-dama do Estado do Rio de Janeiro. A locomotiva que ficará nos maiores pontos é um projeto sustentável desenvolvido pela arquiteta e cenógrafa Isabela Rozental, idealizadora do @re.aproveita. São peças de madeira pinus (de reflorestamento) que não levam cola de encaixe, organizadoras empilhadas que se transformam em nichos criativos e decorativos. Em estações menores, um vagão personalizado fará a coleta de alimentos não perecíveis. “A inspiração foi criar algo sustentável e de fácil mobilidade, simbolizando ainda estarmos todos conectados e como nossas ações geram sempre um impacto na sociedade, no meio ambiente”, conta Isabela.

A estação digital para receber doações que serão transformadas em alimentos pode ser acessada através desse link.