O espaço é em endereço sigiloso e abrigará mulheres em situação de violência, acompanhadas ou não de seus filhos

RJ 01-02-2017. Casa Abrigo Lar da Mulher. André Gomes de Melo

A Secretaria de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos, através da Subsecretaria de Políticas para Mulheres e do Programa Rio Sem Homofobia, inaugurou a Casa Abrigo de Permanência Breve e o Centro de Cidadania LGBT Sul Fluminense, em Volta Redonda, em parceira com sete municípios da região, nesta quinta-feira (8/3), em uma reunião no Palácio 17 de Julho.

A Casa Abrigo de Permanência Breve, terá endereço sigiloso e abrigará mulheres em situação de violência, acompanhadas ou não de seus filhos, que não corram risco iminente de morte. As vítimas poderão ficar no local por um período de até 15 dias e contarão com assistências jurídica e psicossocial. Já no Centro de Cidadania LGBT a população poderá obter atendimentos jurídico, social e psicológico para LGBTs vítimas de violência, familiares e amigos, além de funcionar como centro de irradiação de informações e mobilização em políticas públicas de combate a homofobia e promoção da cidadania LGBT.

– Fico muito feliz em fazer parte desse momento marcante para todas as mulheres e para a população LGBT do estado do Rio de Janeiro – explicou o secretário de Direitos Humanos, Átila Alexandre Nunes.
A subsecretário de Políticas para Mulheres, Cristiane Lamarão, ressaltou a importância do equipamento.

– É de extrema importância a inauguração da Casa Abrigo de Permanência Breve. Ter um espaço onde a mulher poderá recorrer nos momentos difíceis é fundamental – ressaltou.

O Centro de Cidadania LGBT Sul Fluminense funcionará de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

– O dia de hoje é de muita alegria. Inaugurar o centro LGBT aqui em Volta Redonda é um marco tanto pra cidade, quanto para nós LGBTS. É uma conquista muito importante para essa população que sofre muito preconceito nos dias de hoje – disse o superintendente de Políticas LGBT, Fabiano Abreu.

 

 

Texto: Ascom da Secretaria de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos

Foto: André Gomes de Melo