Programa Sesi Cozinha Brasil levou a pais e funcionários da creche temas como aproveitamento integral dos alimentos e receitas saudáveis

Sesi Cozinha Brasil

Pais de crianças atendidas e funcionários do Espaço de Educação Infantil do Batan participaram, nesta segunda-feira (04/04), de palestra do Sesi Cozinha Brasil. O projeto tem como objetivo promover ações de educação alimentar e nutricional, com orientações para refeições mais saudáveis, de baixo custo e que estimulem o aproveitamento integral dos alimentos.

– O Sesi Cozinha Brasil tem por proposta mostrar, entre outras coisas, que partes de alimentos que, em geral, vão para o lixo, como cascas e caroços, são tão nutritivos quanto o que estamos acostumados a comer. Mostramos o que podemos fazer para combater o desperdício, que começa na agricultura – diz a nutricionista do Sistema Firjan, Aline Monteiro.

Segundo dados da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura), um terço dos alimentos produzidos no mundo é desperdiçado, o que equivale a 1,3 bilhão de toneladas. No Brasil, cada família joga fora, em média, meio quilo de alimentos por dia.

A palestra mostrou como escolher os alimentos, conservá-los, lavá-los, prevenir a contaminação e até congelá-los de forma correta. Os presentes puderam aprender também receitas saudáveis e que utilizam todas as partes dos alimentos.

– A educação alimentar é importante para que as famílias das nossas crianças e dos nossos funcionários mantenham uma alimentação mais saudável em casa, e aprendam a aproveitar melhor os alimentos. Jogamos fora muita coisa que ainda pode ser consumida. Aqui, por exemplo, fazemos farinha com sementes de abóbora – ressalta Majói de Paula, diretora da creche do Batan.

Em uma das atividades, os participantes tiveram que adivinhar os ingredientes de duas receitas, um bolo feito com abobrinha e um suco de couve com maracujá e limão. Todos se divertiram e ficaram muito surpresos.

Mãe da pequena Marcelle, aluna da creche de apenas um ano, Antonia Pedrosa aproveitou a folga para participar da palestra.

– Desde que minha filha veio para creche, só tomamos sucos naturais. A atividade é muito importante para que a gente tenha uma alimentação mais saudável, aprenda receitas novas e saiba como reaproveitar os alimentos – diz Antonia.

Auxiliar de serviços gerais do Espaço de Educação Infantil do Batan e mãe do pequeno Murilo de um ano, Paula Ferreira também aproveitou a oportunidade para aprender:

– Em casa, só sabemos o básico. O que aprendemos aqui podemos passar adiante e tornar a alimentação de familiares e amigos melhor – destacou Paula.

Em breve, as outras duas creches do RioSolidario (Cidade de Deus e Vila do João) também receberão o projeto.

Texto: Gabriela Murno

Fotos: André Gomes de Melo