RJ 31-01-2019. Saída do caminhão com as doações para as vítimas de Brrumadinho. Fotógrafo: André Gomes de Melo

Doações para as vítimas de Brumadinho são organizadas na sede do RioSolidario (Crédito: André Gomes de Melo)

Depois de cinco dias, o RioSolidario chega aos números finais da campanha em prol das vítimas da tragédia em Brumadinho (MG). Em ação idealizada pela presidente de honra da instituição, a primeira-dama Helena Witzel, e iniciada no domingo (27), foram enviados à cidade mineira cerca de 800kg de alimentos, 3.600 litros de água, leite e suco; 52 mil produtos de limpeza, higiene e beleza; 100kg de ração para cães e gatos e 1.200 itens de vestuário, cama, mesa e banho, além de livros e brinquedos novos.

Tudo isso foi possível graças à contribuição da nossa sociedade, que, apesar de o RioSolidario trabalhar prioritariamente com a população do estado do Rio de Janeiro, reconheceu a importância de atravessarmos a divisa, estendendo nossa colaboração a Minas Gerais – e, mais especificamente, a Brumadinho. Nossa instituição agradece a todos que se mobilizaram com a campanha que realizamos – inclusive a nossa equipe – e que nos ajudaram nessa missão de amenizar a dor de quem passa por um momento tão doloroso.

O caminhão levando a arrecadação deixou o Rio na noite desta quinta-feira (31) e chegou na manhã de sexta (01) a Belo Horizonte, onde foi recebido pelo Servas (Serviço Social Autônomo), instituição em Belo Horizonte (MG) responsável por centralizar as demandas assistenciais referentes ao local atingido e cuja presidência foi assumida por Aléxia Paiva, esposa do vice-governador Paulo Brant. As doações excedentes serão revertidas para instituições atendidas pelo RioSolidario em todo o estado do Rio de Janeiro, fazendo com que todos os itens que chegaram até nós ajudem a pessoas que precisam.