A ação, em parceria com a Secretaria de Saúde, levou o combate ao Aedes aegypti para a rotina das crianças

Dezinho - creche vila do joao - mare (96) (1)

Dezinho, o super-herói criado pela SES para mobilizar a sociedade para o combate ao mosquito Aedes aegypti, visitou na manhã desta terça-feira, 14/03, os pequenos alunos do Espaço de Educação Infantil Vila do João, administrado pelo RioSolidario. A creche conta com cerca de 200 crianças em horário integral, com idades entre 4 meses a 4 anos, e foi palco de uma festa organizada para recepcionar o mascote e orientar pais e responsáveis a fim de evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

O evento contou com uma palestra sobre os cuidados no combate ao mosquito, a importância de todos dedicarem 10 minutos semanalmente para eliminar possíveis focos do mosquito, explicações sobre os principais sintomas da doença e como envolver as crianças na luta contra o vetor. Foram distribuídos panfletos e ventarolas com orientações e os alunos receberam kits com camisa da campanha, máscara do Dezinho e capa de super-herói.

– Estamos trabalhando o tema aqui na creche desde a semana passada. Fizemos pinturas e desenhos com as crianças e explicamos o papel desse super-herói no combate ao mosquito. Elas ficaram muito empolgadas com a novidade e os pais também, que vieram hoje em massa. A ideia é que alunos e responsáveis sejam multiplicadores dos cuidados para prevenir a doença na comunidade e que, dessa maneira, a gente consiga evitar a contaminação – explica a diretora, Valeria Paiva.

Após a palestra, quem estava presente pôde assistir a uma apresentação dos pequenos alunos dançando o Funk do Dezinho, com participação especial do mascote.

A dona de casa Regina Reis, de 58 anos, moradora do Conjunto Esperança e avó de Davi, de cinco anos, vivenciou de perto o drama de ter um familiar vítima do mosquito.

– Minha filha teve dengue e ficou quase seis meses para se recuperar da doença. Foi horrível. Ela teve que parar de trabalhar, sentia muita dor e não conseguia nem cuidar do meu neto. Felizmente se recuperou e está bem. Depois disso, passei a ter muito mais cuidado com a prevenção aos focos do mosquito. Sou zeladora do meu prédio e lá não temos plantas. Também estou sempre de olho onde tem água parada – conta.

Mãe do pequeno Michel, a auxiliar contábil Livia Ferro, de 31 anos, moradora da Vila do João, disse ter aprendido dicas úteis durante a palestra.

– Nunca tinha me preocupado com a água que às vezes acumula na bandeja da geladeira. A partir de agora, vou ter mais cuidado com isso. Faço o que for preciso pra proteger meu filho e minha família dessa doença.

 

Dezinho Contra o Aedes

 

Dezinho é um menino herói que ganhou vida pelo traço do ilustrador e designer Luciano Freitas, da equipe da SES. O objetivo é que o personagem possa ser utilizado por todas as prefeituras e outros órgãos que queiram promover o engajamento em ações de vigilância em Saúde. Os materiais informativos da campanha, como panfletos e um jogo dos 10 erros interativo – e adesivos “Morador Nota 10″ para serem colados nas residências durante visitas dos agentes da Vigilância estão disponíveis com licença Creative Commons (sem limitações de direitos autorais) no site www.riocontraoaedes.com.br.

Além do material disponível no site, também estão livres para download tirinhas em quadrinhos com as aventuras do Dezinho e sua família, GIFs animadas e vídeos, para postar nas redes sociais e compartilhar pelo Whatsapp – tudo com dicas de como combater o mosquito no dia a dia.

 

Texto: Verônica Lopes

Fotos: André Gomes de Melo