Equipes de saúde imunizaram alunos e funcionários na Campanha de Vacinação contra a Influenza

122

 

As crianças dos Espaços de Educação Infantil do RioSolidario já foram imunizadas na Campanha de Vacinação contra a Influenza.  Equipes das unidades de saúde da prefeitura vacinaram as crianças das creches do Batan, em Realengo, e Vila do João, no Complexo da Maré, nesta segunda-feira (28/05).

As crianças das creches estão dentro do público-alvo  da campanha. Lá, estudam meninas e meninas de  4 meses até 4 anos de idade. Todos os funcionários das unidades também foram vacinados. No total, mais de 200 pessoas atendidas.  Algumas crianças já haviam sido vacinadas.

No Complexo da Maré, a equipe do Posto de Saúde da Vila do João esteve na creche bem cedo. Segundo a diretora do espaço educacional,  Neide Fernandes, a vacinação no ambiente educacional garante que todas as crianças sejam imunizadas:

– A vacinação na creche reforça a confiança dos pais na nossa instituição, pois sabem que os filhos estão também protegidos. Muitos têm dificuldades para levar o filho no posto. Outro ponto importante é a obrigatoriedade da criança trazer o cartão de vacinação, assim, a equipe de saúde pode verificar se está  atualizada e, se não estiver, eles vão até a casa da criança vaciná-la – destacou a diretora.

No Espaço de Educação do Batan, a vacinação foi realizada pela equipe da Clínica da Família, na última sexta-feira (25/05).  A coordenadora da unidade, Elisabete Gonçalves, enfatizou a parceria com o posto de saúde:

– Sempre que precisamos eles estão aqui.  Com a campanha e  a vacinação na creche, garantimos que as crianças estejam imunizadas, pois em espaços coletivos o risco de contaminação é maior. Assim, não precisamos nos preocupar – pontuou.

As crianças que não estavam com  o cartão de vacinação ou os responsáveis  não puderam comparecer, poderão ser vacinadas nas próprias unidades de saúde.

 

Quem pode vacinar

Devem tomar a vacina gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, crianças com idades entre 6 meses e menores de 5 anos, pessoas com mais 60 anos, pacientes crônicos, além de profissionais de saúde e indígenas.

 

Tire suas dúvidas sobre a gripe

O que é Influenza? – É uma doença viral febril, aguda, comumente conhecida como gripe, geralmente benigna e autolimitada. Caracteriza-se por sintomas como febre, tremores, dores de cabeça, dor de garganta e rouquidão, além de alterações respiratórias, como tosse seca e coriza. A infecção geralmente dura, aproximadamente, uma semana. Existem três tipos de vírus Influenza: A, B e C. O vírus Influenza C causa infecções respiratórias brandas, sem causar impactos na saúde pública ou estar relacionado com epidemias. Já os vírus A e B são responsáveis por epidemias sazonais. O vírus Influenza A é classificado ainda em subtipos H1N1 e H3N2, além do H7N9.

 

Transmissão – Ocorre pelo contato com pessoas infectadas, ao tossir, espirrar ou falar. Pode ser transmitida ainda indiretamente pelas mãos, após contato com superfícies contaminadas por secreções respiratórias.

 

Sintomas – Pessoas com gripe podem apresentar febre, tosse ou dor na garganta, além de dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração (cansaço extremo).

 

Como se prevenir – A vacinação contra a gripe é a forma mais eficaz de evitar a doença, mas pequenas ações no dia a dia também podem ajudar, como manter as mãos sempre limpas, principalmente antes de consumir algum alimento; utilizar lenço descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; higienizar as mãos após tossir ou espirrar; não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; manter os ambientes bem ventilados; evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe.