Em clima de alegria e animação, participantes se divertiram vestidos com trajes típicos

 

DSC07309

 Com pratos típicos, brincadeiras e a tradicional quadrilha, a Casa Abrigo Lar da Mulher do RioSolidario realizou sua festa junina para as mulheres e seus filhos. O nome escolhido para a festa foi “Espanta a Tristeza” e também teve a participação dos funcionários que trabalham no Lar da Mulher.

Com brincadeiras como pescaria, argola, bola na lata, entre outras, todas com brindes para os participantes, e muita música, a comemoração seguiu em clima de alegria e diversão.

A diretora da Casa Abrigo Lar da Mulher, Sueli Ferreira, explicou o que motivou a realização da festa:

– Um dos nossos objetivos foi aproximar o máximo possível a Casa Abrigo de um verdadeiro “lar”.  Como esse é um período em que acontecem as festas julinas, decidimos proporcionar a essas mulheres e crianças uma tarde de muita alegria – enfatizou a diretora.

A Casa Abrigo Lar da Mulher foi criada em 2007, com o objetivo de amparar, proteger e fortalecer mulheres vítimas de delitos no ambiente doméstico, oferecendo assistência psicológica, social, hospitalar e jurídica a elas e seus filhos.

O trabalho é desenvolvido de forma que as abrigadas conheçam os seus direitos, ampliem a consciência sobre relacionamentos afetivos saudáveis e retomem suas vidas.

 

Texto: Beth Brusco

Fotos: Divulgação