Equipe orientou meninas do Criaad sobre encaminhamento para o mercado de trabalho

Banco de Jovens Criaad Nilópolis

Jovens do Centro de Recursos Integrados de Atendimento ao Adolescente (Criaad) de Nilópolis participaram nesta quinta-feira (25/08) de um encontro com a equipe do Banco de Talentos do RioSolidario. Mais do que uma oportunidade no mercado de trabalho, as meninas entre 16 e 18 anos, que cumprem medida socioeducativa na unidade, buscam uma mudança de vida. No encontro, elas conheceram como funciona um processo seletivo e o que precisam para tentar o primeiro emprego.

Durante a palestra, a equipe falou sobre o programa Futuro Agora, voltado para capacitação profissional e encaminhamento para Jovem Aprendiz, e outros projetos do RioSolidario. Uma apresentação também mostrou como montar o currículo, documentos necessários para participar de processos seletivos e dicas sobre como se comportar em uma entrevista de trabalho.

– Se você vai participar de uma entrevista, é importante pesquisar e saber sobre a empresa, o que ela faz. A roupa também é fundamental para a apresentação. O ideal é evitar saia curta, decote, e optar por calça jeans e blusa de manga – orientou a assistente social Márcia Jacoud.

As jovens também participaram de uma dinâmica de grupo. Elas se apresentaram e contaram o que planejam para o futuro. Em seguida, as meninas preencheram a ficha do Banco de Jovens do RioSolidario. Agora, elas farão parte do cadastro e serão chamadas assim que novas oportunidades surgirem.

– Quero muito trabalhar. Estou estudante durante a tarde, mas vou passar para a turma da noite para participar do Jovem Aprendiz – disse D.C., de 16 anos, que afirmou ter interesse no programa da Cedae, já que seu avô trabalhou na empresa.

Já I.S., de 16 anos, contou que sonha ser cronista. A jovem garantiu que gosta de ler e está disposta a estudar ainda mais para conquistar um espaço no mercado.

– Minha mãe não pode trabalhar porque está doente. Preciso ajudar em casa e quero mudar de vida. Quero muito uma oportunidade e continuar escrevendo crônicas – ressaltou a menina.

Banco de Talentos

O Banco de Jovens do RioSolidario já conta com mais de 4 mil meninos e meninas inscritos. O objetivo é encaminhá-los para oportunidades de emprego e capacitação profissional, por meio de uma rede de parceiros, como Cedae e Escola Carvalho Hosken de Hotelaria. A proposta do banco é cadastrar jovens entre 14 e 29 anos, que estejam em risco ou vulnerabilidade social e sejam oriundos, preferencialmente, de comunidades carentes do estado do Rio de Janeiro.

Leia mais:

Palestra do programa Futuro Agora dá dicas sobre o mercado de trabalho

Texto: Fabiane Moreira

Fotos: André Gomes de Melo