Programa gratuito faz tradução automática de texto e voz para Língua Brasileira de Sinais (Libras)

RENATO STOCKLER/ NA LATA

O aplicativo Hand Talk é um tradutor de bolso, gratuito, usado como um recurso de tradução para Libras, estreitando laços entre surdos e ouvintes. O App conta com a ajuda do Hugo, um intérprete virtual 3D, que traduz texto e voz para a Língua Brasileira de Sinais, que também está presente em uma sessão educativa chamada Hugo Ensina, com uma série de vídeos que ensinam crianças e adultos expressões e sinais em Libras.

Com aproximadamente 1 milhão de downloads, o App está disponível para tablets e smartphones, nos sistemas Android (na Play Store) e iOS (na App Store). Hoje, o Aplicativo é também destaque nas principais lojas de apps do país e, graças a uma parceria com o MEC, também está presente em milhares de tablets da rede pública de ensino, auxiliando na educação de alunos surdos por todo o Brasil.

Em 2008, o publicitário Ronaldo Tenório, hoje CEO da Hand Talk, teve a ideia como um projeto de faculdade. Em 2012, se uniu aos amigos Carlos Wanderlan, analista de sistemas, e Thadeu Luz, arquiteto especialista em 3D, para colocar aquela ideia em prática apresentando a solução em um desafio de startups, no qual foram campeões. Assim nascia a Hand Talk e o seu simpático intérprete virtual, o Hugo.

Entre os vários prêmios conquistados, está o de Melhor Aplicativo Social do Mundo em 2013, entregue pela Organização das Nações Unidas (ONU), no prêmio World Summit Mobile Award, em Abu-Dhabi. Na ocasião, a Hand Talk concorreu com cerca de 15.000 aplicativos de mais de 100 países.

Fonte: Hand Talk

Fotos: Renato Stockler / Agência Na Lata