Ação entre o RioSolidario e a SEDEERI aproximam jovens do mercado de trabalho (Crédito: André Gomes de Melo)

Ação entre o RioSolidario e a SEDEERI aproximam jovens do mercado de trabalho (Crédito: André Gomes de Melo)

O sonho de dar o primeiro passo no mundo profissional trouxe centenas de meninos e meninas ao RioSolidario nesta quinta-feira (04). Em ação integrada com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais (SEDEERI), jovens em situação de risco e vulnerabilidade social foram encaminhados para vagas de jovem aprendiz e participaram de processos seletivos para 28 empresas de diferentes segmentos.

“Achei uma oportunidade muito interessante. Estou querendo uma chance de trabalhar para custear os cursos que pretendo fazer. Pretendo ser técnica de enfermagem, gosto muito da área e sonho em ajudar a salvar vidas”, conta Karina de Souza. Ela veio ao RioSolidario acompanhada da amiga Vitória Clara de Lima, que busca trabalhar na área de informática: “É uma oportunidade muito boa para mim. Quero me aprimorar profissionalmente e buscar minha independência”.

Karina e Vitória participaram da ação buscando uma vaga de jovem aprendiz (Crédito: André Gomes de Melo)

Karina e Vitória participaram da ação buscando uma vaga de jovem aprendiz (Crédito: André Gomes de Melo)

Na ação realizada durante a manhã e a tarde, jovens preenchiam seus dados para tirar sua carteira de trabalho, a exemplo do procedimento realizado nos postos do SINE (Sistema Nacional de Emprego), com envio das informações para o Ministério do Trabalho. Enquanto isso, representantes de empresas realizavam dinâmicas de seleção, conhecendo melhor os candidatos e explicando sobre atribuições das funções do jovem aprendiz nas respectivas empresas.

“Hoje um terço dos jovens do estado do Rio de Janeiro estão desempregados. Por isso e também por estarem iniciando sua vida profissional, eles são a prioridade da nossa ação integrada. O RioSolidario já acompanha esses meninos e meninas, então a Secretaria chega para somar a esse trabalho, captando vagas junto às empresas e encaminhando esses futuros profissionais ao mercado de trabalho”, ressalta Ana Asti, subsecretária de Emprego e Renda da SEDEERI.

Jovens também preencheram dados para obtenção que permitirão obter sua carteira de trabalho (Crédito: André Gomes de Melo)

Jovens também preencheram dados para obtenção que permitirão obter sua carteira de trabalho (Crédito: André Gomes de Melo)

Para Juliana Dias, diretora do RioSolidario, o evento foi primordial para a proposta de inserir jovens em situação de risco e vulnerabilidade social no mercado de trabalho. Essa é, para ela, uma das formas pelas quais nossa instituição busca transformar realidades.

“O evento foi um sucesso. Essa ação em conjunto foi muito positiva para o RioSolidario. Contamos com uma equipe especializada em trabalhar com jovem aprendiz, enquanto a SEDEERI trouxe a oportunidade de articulação com empresas que precisam desses jovens. Foi muito gratificante ver meninos e meninas saindo daqui felizes, satisfeitos por vislumbrar possibilidades para sua carreira. Vamos acompanhar com os parceiros envolvidos o ingresso desse jovens nas vagas disponibilizadas”, avalia Juliana Dias, diretora do RioSolidario.